Receita Líquida da Boa Safra ultrapassa R$ 1 bi e fecha 2021 com recorde

RI

Líder na produção de sementes de soja no Brasil atingiu valor histórico com alta na comercialização de biotecnologias

A Boa Safra Sementes (SOJA3) anunciou ao mercado na noite desta terça-feira (29) o balanço relativo ao quarto trimestre e fechamento do ano de 2021. No período, a empresa se consolidou como líder na produção de sementes de soja no Brasil, aumentando seu market share de 5,7% em 2020 para 6,1%. Entre os destaques do ano, a Receita Líquida histórica de R$ 1,044 bilhão, o EBITDA de R$ 145 milhões, o crescimento de 82% no lucro Líquido, 75% de aumento de volume de TSI (sementes que recebem tratamento industrial) e a conclusão das obras de expansão nas unidades de Cabeceiras (GO) e Buritis (MG).

“O recorde na receita líquida em 2021, 78% superior a 2020, se deve principalmente à ampliação do portfólio tecnológico da Boa Safra, com utilização da biotecnologia Intacta e maior volume de TSI, além do crescimento do volume negociado e do aumento do preço da soja”, revela Marino Colpo, CEO da sementeira. Já o Ebitda (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) de 2021 atingiu R$ 145 milhões, 38% superior a 2020, por conta do aumento da receita operacional líquida.

O resultado líquido do ano passado atingiu R$ 128 milhões, 82% superior ao mesmo período de 2020. Essa variação teve como responsáveis o incremento de volume, e o aumento do preço médio de venda da semente e dos grãos. Além disso, houve o evento não-recorrente com os gastos do IPO da empresa, reduzindo a base tributável da mesma em 2021.

No ano passado, a Boa Safra também registrou uma forte expansão de sementes baseadas em biotecnologia, com crescimento nas vendas de 36% em relação a 2020. Dos 48 cultivares no portfólio da Boa Safra, 18 têm as novas biotecnologias Intacta 2 Xtend® e Soja Enlist E3® embarcadas. A companhia alcançou um total de 104 mil big bags (cada uma com 5 milhões de sementes de soja) vendidas em 2021 – 13% a mais que no ano anterior e quase o triplo da expansão da área de soja plantada no Brasil na safra 2020/2021, que cresceu 3,6% de um ano para o outro. Com biotecnologia, foram 84 mil big bags vendidas em 2021, aumento de 36% em relação ao ano anterior. Sementes com TSI somaram 21 mil big bags comercializadas no mesmo período, 75% a mais que em 2020.

“Sementes com mais qualidade e tecnologia têm maior valor agregado e são bem valorizadas pelo produtor rural. O investimento em produtos de altíssima qualidade se reflete nos 91,4% do índice de vigor das sementes e 94,9% de germinação – muito acima do mercado e da própria regulamentação, que exige germinação mínima de 80%”, explica Marino.

Ele lembra, ainda, que o ciclo de produção da soja é sazonal. No quarto trimestre de 2021, houve o plantio da safra 2021/22. O próximo trimestre (1T22) será de colheita e dos pedidos já feitos de sementes para o ano de 2022.

 

Para ver o relatório completo, acesso nosso site de RI: Central de Resultados

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Boa Safra

Publicado em 30 março de 2022

Onde comprar?
Fale com um de nossos representantes!
Clique aqui